A debicagem é um processo importante na avicultura por vários motivos. “Por questões comportamentais, pois as aves tendem a criar hierarquias, nas quais as dominantes subjugam as subalternas por competição de comida, água e local, o que interfere no esperado desenvolvimento dos lotes, e também devido à qualidade da nutrição, já que a ração para aves poedeiras, por exemplo, tem granulometria alta, e as aves tendem a comer mais milho, sendo que é importante ingerir os demais ingredientes, como minerais, vitaminas, aminoácidos e aditivos”, explica o gerente de produtos da Auster Nutrição Animal, Rafael Morelato.

Há diferentes tipos de debicagem. Trata-se de um procedimento necessário, mas que requer alguns cuidados. “A debicagem é uma técnica estressante para os animais. Independentemente do método escolhido, haverá sensibilidade no bico por alguns dias, o que reduz a capacidade de consumo da ração e da água, além de afetar a imunidade e deixar as aves suscetíveis a enfermidades e outras adversidades. Por essa razão, durante o período de debicagem é necessário um reforço alimentar para manter o peso, mesmo que haja redução do consumo de ração.

A Auster Nutrição Animal conta em seu portfólio com a Linha Númia Postura, que reúne soluções nutricionais para cada fase de vida das aves de postura. “Trata-se de uma linha completa, que supre todas as necessidades das aves. Além disso, o uso de matérias-primas regionais possibilita ganhos em termos de eficiência produtiva”, explica Rafael Morelato.

A linha Númia concentra altos níveis de vitaminas, minerais e aminoácidos necessários para a dieta das aves de postura. E conta com a suplementação de aditivos para suporte imunológico e intestinal. “Desta forma é possível a manutenção e a recuperação do peso da ave, mesmo com a queda de consumo de ração que ocorre na debicagem”, finaliza Morelato.