Meta é faturar R$ 175 mi em 2018. O faturamento da Auster Nutrição Animal – empresa 100% brasileira, especializada no desenvolvimento, pesquisa, produção e distribuição de produtos de alta tecnologia para nutrição animal – cresceu 34,9% nos oito primeiros meses de 2018, atingindo R$ 116 milhões. No mesmo período do ano passado, a receita foi de R$ 86 milhões. O Ebitda de janeiro a agosto aumentou 39,8%.

Somente no trimestre Junho a Agosto de 2018, o faturamento da empresa atingiu R$ 52 milhões, com evolução de 22% sobre igual período do ano anterior. “Agosto foi o melhor mês nos dez anos de existência da empresa”, informa o CEO Paulo Portilho.

“Esse resultado foi obtido mesmo em um momento instável, com pouco ou nenhum crescimento da produção de alimentos de origem animal, especialmente frangos, carne suína e ovos. Isso comprova o acerto da nossa estratégia de privilegiar a oferta de insumos de alta qualidade, que comprovadamente contribuem para o melhor desempenho econômico dos animais e a qualidade dos produtos finais de nossos clientes”, destaca o dirigente.

A Auster Nutrição Animal atua, principalmente, em avicultura (corte e postura) e suinocultura, atividades que representam 94% do seu faturamento. “São cadeias produção de giro extremamente rápido, que têm na nutrição eficiente o seu insumo de maior custo, além de ser  essencial para a obtenção de produtividade”, diz Paulo Portilho. A empresa também atua em pecuária leiteira.

A meta da empresa é fechar 2018 com faturamento de R$ 175 milhões, com crescimento de 20% sobre o resultado do ano passado. A Auster Nutrição Animal tem 110 colaboradores e sua unidade industrial está instalada em Hortolândia (SP).